Mulheres da Bíblia: Bate-Seba

Obediente ou adúltera?

O rei Davi resolveu não ir para a batalha e ficou em casa. Em uma tarde, ao passear no terraço, avistou uma mulher muito bonita se banhando. Ele manda investigar quem era aquela e descobre Bate-Seba (2 Samuel 11:1-3).

Neste momento, o lado carnal de Davi se aflora e ele manda trazê-la, mesmo sabendo que era uma mulher casada, e tem relações com Bate-Seba, que engravida (2 Samuel 11:4-5).

Davi, sabendo deste filho, determina que Urias, marido de Bate-Seba, volte da guerra, para que se deitasse com a esposa e, assim, se livraria da culpa. Mas não foi o que aconteceu. Urias achou injusto com os outros soldados que estavam em guerra e não fez o que Davi ordenara (2 Samuel 11: 6-12).

Percebendo Davi que Urias não se deitaria com sua esposa, comandou que na próxima guerra ele ficasse à frente de todo o exército e que ninguém lutasse para defendê-lo, assim, morreria. E foi o que aconteceu.

Consequências de um caminho tortuoso

Será que Bate-Seba fez tudo de forma pensada? Se banhar ali, em um lugar com possibilidade de ser vista, depois se deitar com o rei, ter um filho dele.

Será que ela foi obediente a um chamado do rei ou desejou estar ali? Ela sabia que Davi não tinha ido guerrear? A Bíblia não traz as respostas  a estas perguntas, não mostra as intenções do coração de Bate-Seba, mas conta a consequência do pecado.

Adultério, gravidez indesejada, morte de inocentes (Urias e o bebê). Há milhares de mulheres que vivem ou já viveram algo semelhante ao escolher, assim como Bate-Seba, ir adiante com o pecado e, por consequência disso, andar em caminhos tortuosos.

O perdão e a restauração de Deus

Mais adiante, depois da morte de Urias, Bate-Seba se torna oficialmente mulher de Davi (2 Samuel 11:26). Porém, essa história, que começou no pecado, não termina assim.

Deus envia um profeta chamado Natã para falar com Davi, que se arrepende do que fez (2 Samuel 12:1-14). Mesmo assim, ele e Bate-Seba não deixaram de viver a morte do filho (2 Samuel 12:15-19).

Mas, ao passar por tudo o que Deus falara através de Natã, Davi consolou Bate-Seba, se deitando com ela, concebendo assim a outro filho, amado do Senhor, chamado Salomão.

Essa história de escolhas, adultério, consequências e arrependimento é um exemplo do grande amor de Deus. Mesmo com tantas atitudes que entristecem o coração Dele, o perdão e a restauração sempre estarão disponíveis àquele que se abre para ouvir a voz do Senhor.

Não seja obediente o ponto de pecar. Não se disponha para ser um canal de pecado para alguém. Fique atento a suas atitudes, para que não viva no futuro a consequência de cada uma delas.

A minissérie “Rei Davi”, que vai ao ar todas as terças e quintas, às 23 horas, mostrará estas e outras histórias do menino pastor que se tornou rei de Israel.

Fonte: Arca Universal
Publicado: VPR Curuçambá
Anúncios

Um pensamento sobre “Mulheres da Bíblia: Bate-Seba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s