Ainda há uma saída…

É possível ter uma vida restaurada e transformada para você que está afastado da Presença de Deus

Segundo o dicionário Aurélio RESGATAR significa: “livrar do cativeiro, pagar dívida, obter por retribuição a restituição, tirar de situação perigosa, salvar, retomar, recuperar”. E esse tem sido o trabalho da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) que vem trabalhando incansavelmente para resgatar os perdidos e aqueles que um dia professaram a fé, mas com o passar do tempo se distanciaram, recentemente aconteceu em Belém (Pará) a Vigília do Resgate II em que cerca de 25 mil pessoas participaram e foi em uma dessas reuniões especiais que Carlos Ribeiro teve a oportunidade de retornar, depois de está afastado há quase  10 anos. Conheça essa história e veja a importância que temos em perseverar e guardarmos a nossa fé.

“Venho de uma família humilde, aos 3 anos meu pai abandonou minha mãe que teve a responsabilidade de cuidar de duas crianças pequenas tendo que trabalhar e ser “pai e mãe” ao mesmo tempo. Minha infância foi tranquila apesar das dificuldades que tínhamos, eu era uma criança bem ativa, cresci jogando futebol na rua, empinando pipas enfim uma infância aparentemente normal, como a maioria dos meninos eu tinha o sonho de ser jogador de futebol. Aos 13 anos fui convidado para participar do Força Jovem, comecei a frequentar as reuniões e logo senti o desejo de ser obreiro, ou seja, ajudar as pessoas a conhecerem o Sr. Jesus. Mas infelizmente como tem acontecido com muitos, aos 15 anos me afastei e passei a ter uma vida a qual nunca havia imaginado. Passei  a frequentar muitas festas, passei a beber e  fumar, muitos relacionamentos com diversas mulheres. Aos 18 me envolvi com a música, aprendi a tocar cavaquinho e participei de várias bandas de renome na época, toquei em vários locais, viajava, tinha muitas amizades, muitas namoradas, aparentemente eu era feliz, porém a minha situação a cada dia era pior, além do vazio e da tristeza que eu sentia, depois do cigarro e da bebida, passei a usar drogas, comecei com a maconha, fui pra pasta base e por fim a cocaína pura,  sendo esta última a mais devastadora para mim, eu passava várias noites acordados, sendo que eu tinha consciência de que havia uma força maligna por trás de tudo o que eu estava vivendo, porém não tinha reação alguma cada vez mais me entregava a essa vida. Sempre que eu usava drogas eu ouvia uma voz que dizia: mata, mata, mata.

Em casa era um verdadeiro inferno, minha família não tinha paz. Quando eu estava fora minha mãe sofria por não saber como e onde eu estava, pois eu passava vários dias fora sem dá notícias e quando eu voltava havia muitas brigas, eu quebrava tudo dentro de casa, não a respeitava, havia muito ódio dentro de mim. Minha vida sentimental era totalmente destruída eu tinha muitas namoradas, no entanto não era feliz com nenhuma. Vida financeira estava arrasada.

Durante esses 10 anos em que vivi assim, vejo a bondade de Deus, pois eu lembro de um obreiro que era jovem comigo na época que eu frequentava a igreja e aonde ele me via sempre falava que havia uma solução para mim. É geralmente quando você chega ao fundo do poço, quando não há mais como suportar a dor é que reconhecemos que sem Deus não somos nada! E o meu fundo de poço foi ser preso em frente a minha casa com mais de 10 gramas de cocaína pura, foi muito triste ver o sofrimento da minha mãe, uma grande humilhação.

Então através do convite de um obreiro para uma reunião do resgate especial que aconteceu num sábado pela manhã, eu voltei! Foi maravilhoso retornar, eu voltei carregado de problemas, viciado, com a vida totalmente destruída em todas as áreas, eu não tinha perspectivas, vivia como uma folha seca levada pelo vento buscava através da música e das drogas preencher um vazio que havia em mim, que era a falta da comunhão com Deus, infelizmente eu achava que não tinha mais solução para tantos problemas, até que Deus me deu essa oportunidade e eu me agarrei a ela sabendo que poderia ser a minha última chance.

Hoje sou completamente feliz e realizado, através da mudança que ocorreu em mim, minha mãe se converteu e hoje tem paz e alegria em casa, pois todas as brigas acabaram. Estou liberto das drogas, da bebida, daquela vida de prostituição, já na primeira semana que me entreguei sem reservas no altar eu vi a transformação daquele velho Carlos, em seguida me batizei nas águas e 1 mês depois fui batizado no Espírito Santo,  e todo o vazio foi preenchido.

Antes: Tocando no mundo com Luiz Souza

Hoje: Com Luiz Souza glorificando o Sr. Jesus

Após minha libertação, fui convidado pelo obreiro Luiz Souza para participar do Projeto Canta Pará, para servir a Deus levando a alegria verdadeira  aos jovens que vivem desiludidos com as emoções que o mundo produz, e foi como um presente de Deus, pois me sinto honrado em ser útil, pois o meu maior desejo é levar os jovens ao encontro com Deus.

 Não tenho palavras para agradecer a Deus por tantos benefícios, e afirmo para você que está na fé, nunca pense em abandona-la, pois um dia eu fiz isso e sofri muito, mas pela misericórdia de Deus eu aproveitei a oportunidade de voltar, porém infelizmente muitos ficaram pelo caminho da destruição. “Jesus é o caminho, a verdade e a vida!” Deus abençoe a todos!” Relatou Carlos Ribeiro.

  

Esse é o reflexo na vida da pessoa que decide viver na sua força, desprezando o Único que pode nos dá uma vida verdadeiramente feliz, infelizmente muitos não tem a oportunidade de retornar, como foi o caso do Carlos, então aproveite a oportunidade você que já fez parte e hoje se encontra distante, vive triste e vazio porque em você tem um espaço reservado para o Sr. Jesus, o qual só Ele pode preencher, então abra a porta e deixe-o entrar e com certeza a sua vida será restaurada e completamente feliz!

Todos os sábados no FJ Curuçambá às 16:00hrs venha participar dos encontros do Força Jovem e tenha sua vida transformada, Av. Canteiro Central do Paar, 31.

          Veja algumas fotos do antes e depois de Carlos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: cedidas
Texto: Daniella Cardoso
Publicado por: VPR Curuçambá
Anúncios

5 pensamentos sobre “Ainda há uma saída…

  1. Deus te abençoe meu parceiro! e que ele te guarde e te conserve sempre assim,humilde e sincero.pois de fato agindo assim nós chamaremos a atenção dele de uma forma extrema, pois seus ouvidos estão atentos procurando pessoas com essas virtudes e comprometimento na obra, e que vc contine tendo atitudes assim, de se dar sem esperar nada em troca, pois nossa recompensa não vem do homem, vem do alto,forte abraço tamo junto Deus abençoeee e vamo q vamooooooo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s