Mulheres da Bíblia: Sara

Ela encontrou em Deus motivos para sorrir

Sara é uma das personagens mais emblemáticas da Bíblia. Referência de esposa submissa que fazia de tudo para agradar o marido, Abraão, ela possui muitas outras características que a iguala a mulheres da atualidade. Por muitas vezes teve atitudes não condizentes com uma mulher cristã. Ela mentiu, chegou a desconfiar das promessas de Deus, irou-se e muito contra a sua serva Hagar, chegou até mesmo a ser injusta com ela, que era menos favorecida. Mas, de um modelo imperfeito, ela tornou-se num referencial de perfeição após ter um encontro, de fato, com Deus. Talvez por isso, essa personagem tão cheia de nuances, nos leve à mais profunda das reflexões. De alguém que depois de tantas atitudes imaturas, tornou-se uma pessoa cheia de virtudes.

A história de Sara começa a ser escrita por volta de 2 mil anos antes de Cristo (a.C.), quando ela se casa com Abrão. (leia Gênesis 11:30) Esteve ao lado do marido em todas as situações, foi o seu braço direito e partilhou não apenas dos seus desafios e dores, mas também dos seus sonhos e bênçãos.

Exteriormente era uma mulher muito bonita, que despertava paixões até em governantes, mas interiormente sofria com a esterilidade, que a impedia de ter uma vida plena. Afinal, a mulher que não conseguia engravidar naquela época era rechaçada pela sociedade.

Logo após ser apresentada como a mulher de Abraão, Sara é descrita como uma mulher estéril. No capítulo de 16 de Gênesis, versículo1, a sua condição vergonhosa era novamente exposta. “Ora, Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos…”.

A todo instante, a sua humilhação era exposta. Que dor deve ter sentido essa mulher, em ver que o seu sonho não se realizava e o motivo de sua vergonha estava a todo momento sendo mencionado. E por não saber esperar em Deus, ela agiu a seu modo. Realizou o sonho de que o marido tivesse um filho, mesmo que esse filho fosse de outra mulher.

Uma nova história    

Por muitas vezes Sara desobedeceu a Deus. Mas quando ela decide segui-Lo e entregar-se a Ele obtém o seu perdão e misericórdia e começa a escrever uma nova história, com um novo nome, uma nova identidade. E, como filha, torna-se também herdeira de Suas promessas.

No capítulo 17, versículo 15, Deus muda o nome de Sara, (antes ela se chamava Sarai) e faz uma promessa:“… e ela se tornará nações; reis de povos procederão dela.” (Gênesis 17:16) Imagine para uma mulher estéril, que não conseguia realizar o sonho de ter um único filho, se tornar muitas nações?

E quando não existia mais nenhuma luz no fim do túnel, quando a esperança já estava adormecida, eis que Sara dá à luz Isaque. (Gênesis 21:2)

Algo tocante em relação à promessa é que ela se cumpre, tanto na vida de Abraão quanto de Sara, quando eles têm seus nomes mudados. Seria quando de fato eles se converteram a Deus?

Pelo relato bíblico sim. “Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda na minha presença e sê perfeito.” (Gênesis 17.1) E a partir daí ele tem o seu nome mudado para Abraão.

O que podemos aprender com Sara

– Que por mais imperfeitos que sejamos, quando há conversão, podemos ser exemplo de virtude;

– Não importa como fomos conhecidos antes, mas depois de um encontro com Deus podemos ter uma nova identidade;

– Há um tempo para tudo. E Deus cumpre a Sua Promessa quando não restar mais nenhum vestígio da velha criatura.

Para não esquecer

Notamos que ambos, tanto Abraão quanto Sara, já estavam velhos. Humanamente falando, não havia mais nenhuma chance dos sonhos deles serem realizados. Nunca é tarde para sonhar, tampouco transformar os sonhos em realidade. Não importa quanto tempo dure, Deus nunca esquece de cumprir uma promessa que Ele fez aos seus filhos.

Contente por ter seu sonho realizado, Sara diz: “… Deus me deu motivo de riso; e todo aquele que ouvir isso vai rir-se juntamente comigo.” (Gênesis 21.6)

Que assim como ela, possamos esquecer o passado e reescrever a nossa história, colocando Deus como protagonista de nossas vidas. E que, sustentados pela fé, possamos assim como ela dizer: Deus tem me dado motivos para sorrir.

Fonte: Arca Universal
Publicado por: VPR Curuçambá
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s